Mar de pranchas:

Minha amiga Gle,  Artefatos Fotografia, estava construindo uma casa de praia na época e eu queria contribuir de alguma forma com a decoração dela.  Achei interessante aproveitar um isopor, que estava ocupando espaço à toa na prateleira,  e  fazer um quadro para o garotinho lindo que ela tem e que, por sinal, também é meu sobrinho. O pai é surfista de primeira e o filho vai atrás. Usei um compensado velho atrás para firmar o isopor que é leve e quebra com facilidade.

img_20140425_090003 2

 

Fonte: informetop

 

Anúncios

Rosas despetaladas

Ganhei um buquê de rosas e o coloquei num vaso.  Observei que no outro dia estavam bem, mas logo, logo senti que as estava perdendo. Quando vi  as rosas do meu vaso todas despetaladas, tive a ideia de eternizar este momento numa obra reciclada. Usei uma tela, tintas, jarra e flores de garrafa PET. Já as pétalas caídas, para ficarem com efeito meio envelhecido, pontas dobradas,  preferi trabalhar com latinhas de refrigerantes. Gostei muito do resultado, e vocês?

GLE_2321 2

Girassóis

Fiz as rosas vermelhas do quadro anterior com a parte do meio das latinhas, daí pensei: vou fazer ímãs de geladeira com a parte do fundo da latinha, aquela redondinha, mas o que fazer com a parte de cima com aquele buraco??? Decidi fazer um quadro de girassol. E, como queria pô-los num vaso, busquei ideia e achei reciclagem de papel na net. Aprendi a fazer um vaso de jornal reciclado e ficou assim:

GLE_2349

Fonte:

http://www.revistaartesanato.com.br/reciclagem/receita-de-papel-reciclado-passo-a-passo/08

 

Rosas vermelhas românticas:

Achei um modelo de flor de latinha na internet e resolvi fazer um quadro de rosas, bem romântico, para colocar na parede do meu quarto. Não queria um quadro comum, por isso achei legal fixar as flores como um buquê que ultrapassasse os limites da moldura, tipo um presente que eu gostaria de ver eternizado no meu ambiente acolhedor.

 

GLE_2332dsc02203 3

 

Fonte: Arteblog

 

Janelinhas com jardineiras

Esta foi minha primeira investida no mundo das artes. Estava procurando um presente para minha netinha que tinha acabado de nascer, mas teria que ser um presente feito pela vovó, que ficasse prá sempre na memória dela. Achei janelinhas prontas numa lojinha perto da casa da minha filha e decidi decorá-las do meu jeito. Usei canudinhos de refrigerante, cortininhas de retalhos de renda e fiz flores de feltro, macias para que ela pudesse tocá-las, e ficaram assim:

Janelinhas